Dieta com leite azedo

Dieta com leite azedo

Dieta com leite azedo

A dieta atrairá claramente aqueles que amam produtos lácteos fermentados, frutas e bagas, além de vegetais. Oferecemos duas opções para esta dieta, as principais diferenças são que, na primeira, junto com os laticínios, você só pode comer frutas e bagas, e na segunda, vegetais. O curso da perda de peso é projetado para 9 dias, mas se for muito difícil, você pode reduzi-lo para 6 dias. A dieta com leite azedo permite eliminar 4-6 kg, normaliza as fezes, ajuda a melhorar a microflora interna do trato digestivo, fortalece ossos, dentes, unhas.

 

Quais produtos lácteos são adequados para dieta

Requeijão 2-5% de gordura – fortalece as fibras nervosas e o sistema esquelético, limpa o corpo do excesso de gordura, é rico em
aminoácidos e vitaminas que nosso corpo necessita tanto, contém proteínas, potássio e cálcio.

Iogurte natural – o teor calórico do iogurte não deve exceder 66 kcal por 100 g de produto e o teor de gordura de 1,5%. Não são permitidos doces ou outros aditivos no iogurte. O iogurte afeta favoravelmente o intestino e o sistema digestivo, melhora a digestão, evita a constipação, ajuda no envenenamento e reduz o risco de câncer, tem um efeito positivo no sistema vascular e reduz o colesterol.

Kefir 3%– um probiótico poderoso, tem um efeito antibacteriano. Em um copo de kefir, cerca de 100 calorias, 7-8 gramas de carboidratos e 3-6 gramas de gordura, dependendo do tipo de leite utilizado. Contém microorganismos benéficos, fósforo, cálcio, vitamina B12, vitamina B2, magnésio e vitamina D.

Esquema dietético

Primeira opção. Durante os primeiros três dias, você deve comer os produtos lácteos fermentados acima em porções de 100 G. Nos próximos três dias, comer frutas e bagas sem açúcar – até 1,5-2 kg por dia. Então, novamente 3 dias em produtos lácteos fermentados. A segunda opção envolve a substituição de frutas e bagas por vegetais.
Durante a dieta, beba água limpa e uma decocção de rosa mosqueta. Adquira Moder Diet.

Dieta por 4 semanas “- 5 kg”

Quando ouvimos a palavra dieta, imediatamente começamos a pensar em algo proibido. É assim que nossa mente subconsciente funciona. Trazemos à sua atenção um plano mensal de perda de peso. Se você seguir esse menu e seguir todas as dicas, poderá se despedir de 5 kg sem problemas para o corpo e a saúde em geral. Muitos perdem peso devido ao fato de reduzirem o conteúdo calórico dos alimentos. Mas isso não afasta o tecido adiposo, mas a massa muscular. Para que a gordura saia, você precisa seguir uma dieta equilibrada, que deve se tornar sua companheira por muito tempo.

 

Para facilitar a dieta, inicie um diário alimentar alguns dias antes de começar. Todos os dias, anote tudo o que entra em sua boca, incluindo lanches, bebidas e até um pedaço de chocolate que você talvez tenha comido e que nem se lembrava. Mantenha um diário todos os dias enquanto adere a um plano de dieta alimentar. No dia anterior ao início, você deve pesar de manhã com o estômago vazio e fazê-lo toda semana, ao mesmo tempo. Além do peso, são necessárias medidas corporais. Para muitas pessoas, acontece que o peso é, mas o tamanho vai. Isso significa que a gordura “sai”, dando lugar a uma massa muscular mais pesada.

Dentro de 4 semanas, você deve aderir ao plano de nutrição desenvolvido, ajustando-o um pouco para si mesmo. Assim, se você pesa mais de 90 kg, pode aumentar um pouco as porções adicionando produtos proteicos (60 a 90 g de carne magra) e cereais (100 a 150 g). Se você gosta de carne mais do que legumes, corte porções de verduras (por 100-200 g por dia), mas não se esqueça de adicionar proteína (30-60 g).
Cinco refeições por dia e os intervalos entre as refeições não devem ser superiores a 3-5 horas.Se os produtos lácteos estiverem no menu, escolha alimentos de baixa caloria ao comprar. Desista de bananas e uvas por um mês. Macarrão só deve ser de trigo duro e requer cozimento de 7-8 minutos ou mais. Ao comprar produtos, leia sua composição. Recuse-se por um tempo daqueles que contêm muitos ingredientes, incluindo corantes e intensificadores de sabor.

Semana 1

Segunda

Café da manhã: 60 g de muesli com 200 ml. 0,5% de leite e 20 g de passas.
Almoço: iogurte natural com adição de cereais ou frutas 200 ml., 2 pães de cereais.
Almoço: 1 porção de sopa de legumes, 1 pedaço de pão integral, 90 g de frango cozido, 200 g de legumes frescos ou cozidos, 200 ml. chá com leite.
Lanche: 6 pinhões, maçã verde.
Jantar: 100 g de peixe a vapor, 200 g de couve-flor cozida para decorar.

Terça-feira

Café da manhã: 1 ovo cozido, 1 fatia de pão integral, café com leite.
Almoço: maçã verde e pêra.
Almoço: caldo de baixo teor de gordura com 2 tostas, 120 g de arroz cozido com 60 g de frango cozido, 150 g de legumes.
Lanche: 2 pães com queijo cottage, 1 pepino, verduras.
Jantar: salada de legumes 200 g com óleo vegetal, carne assada ou cozida 60 g, kefir 200 ml.

Quarta-feira

Café da manhã: 180 g de aveia no leite, 12 unid. avelãs, 100 g de peras.
Almoço: milho cozido ou 1 maçã verde.
Almoço: 180 g de carne cozida, 250 g de legumes, 30 g de pão integral, 200 ml. suco natural sem açúcar.
Lanche: 200 ml. leite cozido fermentado.
Jantar: peixe cozido ou assado no forno 120 g., Legumes cozidos para um prato de 200 g

Quinta-feira

Café da manhã: omelete de 2 ovos com 100 ml. leite., queijo 30 g., café com leite.
Almoço: laranja, kiwi.
Almoço: sopa de cogumelos com pão de cereais, macarrão cozido 150 g com legumes cozidos.
Lanche: 200 ml. iogurte, 6 nozes, 20 g de frutas secas.
Jantar: salada de carne cozida 60 g Com 200 g Legumes temperados com manteiga (2 colheres de sopa)

Sexta-feira

Café da manhã: 120 g Mingau de trigo sarraceno com 100 ml. leite, chá com leite.
Almoço: 200 ml. iogurte, 100 g de laranja descascada.
Almoço: sopa de cogumelos, 200 g de legumes cozidos com 90 g de carne cozida.
Lanche: chá com frutas secas, 2 pães.
Jantar: 200 g de salada verde com ovo e creme de leite.

Sábado

Café da manhã: 60 g de muesli com 200 ml. 0,5% de leite e 20 g de passas., Café com leite.
Almoço: 200 g de salada de frutas com 6 nozes.
Almoço: 120 g de peixe assado com batatas cozidas 160 g e 200 g de legumes frescos.
Lanche: chá, pão de cereais com queijo cottage.
Jantar: 250 g de salada de legumes frescos com molho de iogurte.

Domingo

Café da manhã: omelete de 2 ovos com 100 ml. leite e ervas.
Almoço: smoothie de 200 g de iogurte natural e 200 g de frutas frescas.
Almoço: 180 g de arroz com frutos do mar e ervas.
Lanche: 200 ml. iogurte com frutas secas.
Jantar: 250 g de salada verde com 30 g de carne e 2 colheres de sopa. eu nata.

Semana 2

Segunda-feira

Café da manhã: 60 g de muesli com 200 ml. 0,5% de leite.
Almoço: 200 ml. iogurte, 2 pães, uma maçã verde.
Almoço: caldo com croutons, 100 g de ensopado, 200 g de batatas cozidas.
Lanche: chá, 6 nozes, 20 g de frutas secas.
Jantar: 2 omeletes de ovos com espinafre e cogumelos.

Terça-feira

Café da manhã: 180 g de aveia no leite.
Almoço: 2 pães de cereais com requeijão e 2 fatias de pêra.
Almoço: carne cozida 100 g com legumes grelhados.
Lanche: 200 ml. leite cozido fermentado com 40 g de frutas secas.
Jantar: 200 g de salada verde com ovo e 2 colheres de sopa. eu nata.

Quarta-feira

Café da manhã: 60 g de muesli com amêndoas e 100 ml. leite.
Almoço: 200 g de frutas ou bagas frescas.
Almoço: 210 g de macarrão cozido com legumes.
Lanche: 200 ml. iogurte natural.
Jantar: 250 g de couve cozida com 90 g de carne cozida.

Quinta

Café da manhã: 60 g de torrada com queijo ralado 30 g, café com leite.
Almoço: iogurte natural 200 ml. com 2 pães integrais.
Almoço: uma porção de sopa de legumes com 90 g de carne cozida, legumes, 200 ml. suco.
Lanche da tarde: maçã verde, pão integral.
Jantar: 200 g de salada verde com frango cozido.

Sexta-feira

Café da manhã: 2 ovos cozidos com 1 colher de sopa. eu ervilhas verdes, café com leite.
Almoço: laranja.
Almoço: 100 g de carne assada com trigo cozido 180 g
Lanche: 200 ml. iogurte natural, 20 g de passas.
Jantar: 100 g de peixe cozido com salada de repolho e maçã.

Sábado

Café da manhã: mingau de trigo sarraceno de 180 g com 200 ml. leite.
Almoço: smoothie de 200 g de iogurte natural e 200 g de frutas frescas.
Almoço: sopa de carne com batatas, frango cozido 60 g, Legumes 200 g
Lanche da tarde: laranja, 6 nozes.
Jantar: 200 g de salada verde com atum (60 g) e um ovo.

Domingo

Café da manhã: 180 g de aveia no leite.
Almoço: 200 g de salada de frutas.
Almoço: 300 g de sopa de legumes, 90 g de frango cozido, 1 pão integral, 200 g de legumes.
Lanche: maçã.
Jantar: 90 g de carne assada com 250 g de feijão verde.

Semana 3

Segunda-feira

Café da manhã: 2 un. syrniki com aveia, café com leite.
Almoço: 200 ml. bebendo iogurte, 2 pães, uma maçã.
Almoço: 90 g de ensopado com 240 g de batatas cozidas e 100 g de legumes.
Lanche: 6 nozes, 40 g de frutas secas.
Jantar: 350 g de salada de legumes com um ovo.

Terça-feira

Café da manhã: 180 g de aveia no leite, 1 maçã.
Almoço: 100 g de geléia natural de baga sem açúcar.
Almoço: sopa de repolho de carne, 120 g de carne cozida, 200 g de legumes.
Lanche: 200 ml. iogurte.
Jantar: salada grega de 200 g de legumes e 50 g de queijo cottage.

Quarta-feira

Café da manhã: 2 ovos cozidos com 1 colher de sopa. eu ervilhas verdes, café com leite.
Almoço: 200 g de frutas.
Almoço: sopa de repolho, carne cozida 90 g, arroz 180 g e
lanche da tarde: 200 ml. iogurte natural com 20 g de frutas secas.
Jantar: 100 g de carne assada ou cozida com salada de legumes 250 g

Quinta-feira

Café da manhã: 60 g de muesli com nozes e 100 ml. leite.
Almoço: 200 ml. iogurte natural com 2 pães.
Almoço: caldo de galinha com ervas, 100 g de frango cozido, 160 g de batata cozida.
Lanche: 1 maçã assada com mel, nozes e passas.
Jantar: 300 g de caçarola de legumes com 100 g de frango cozido.

Sexta-feira

Café da manhã: omelete de 2 ovos com 100 ml. leite e cogumelos.
Almoço: 200 ml. kefir, 2 pães, 1 pêra.
Almoço: caldo de galinha, 120 g de frango cozido com 180 g de arroz e 150 g de legumes.
Lanche: 200 ml. iogurte natural com 20 g de passas.
Jantar: 200 g de abóbora assada com canela.

Sábado

Café da manhã: caçarolas de 300 g de legumes, café com leite.
Almoço: 200 ml. iogurte natural.
Almoço: 210 gramas de macarrão com 60 gramas de frutos do mar.
Lanche: 200 g de salada de frutas.
Jantar: 100 g de peixe assado com rodelas de limão.

Domingo

Café da manhã: 180 g de aveia no leite, 6 nozes.
Almoço: 200 g de salada de frutas.
Almoço: 90 g de peixe cozido, 1 pão integral, salada verde com rúcula 150 g.
Lanche: 200 g de abóbora assada com canela.
Jantar: 100 g de frango assado com legumes.
Mais em http://www.ulquiorra.org/dieta-das-plantas-de-campbell/.

Semana 4

Segunda-feira

Café da manhã: 180 g de aveia no leite, 1 maçã.
Almoço: 100 g de geléia natural de baga sem açúcar.
Almoço: sopa de repolho de carne, 120 g de carne cozida, 200 g de legumes.
Lanche: 200 ml. iogurte natural., 6 nozes.
Jantar: salada grega de 200 g de legumes e 50 g de queijo cottage.

Terça-feira

Café da manhã: 60 g de granola com nozes e 100 ml. leite e 20 g de passas.
Almoço: legumes frescos, frutas ou bagas 200 g
Almoço: 180 g Carne cozida, 250 g Legumes, suco.
Lanche: 200 ml. leite cozido fermentado.
Jantar:. Peixe cozido 120 g, legumes cozidos 200 g

quarta-feira

Café da manhã: omelete de 2 ovos, 100 ml. leite e 30 g de queijo.
Almoço: laranja, kiwi.
Almoço: sopa de cogumelos, 150 g de macarrão cozido e 150 g de legumes.
Lanche: 200 ml. iogurte natural com nozes e damascos secos.
Jantar: salada de carne com legumes e manteiga.

Quinta

Café da manhã: mingau de trigo sarraceno 180 g com 200 ml. leite.
Almoço: 200 ml. iogurte natural, 1 tangerina.
Almoço: sopa de cogumelos, legumes cozidos 200 g, 100 g, carne cozida ou assada.
Lanche: chá com frutas secas.
Jantar: 200 g de salada verde com ovo e creme de leite.

Sexta-feira

Café da manhã: 60 g de muesli com nozes e 100 ml. leite.
Almoço: 200 ml. iogurte natural, 2 pães.
Almoço: caldo de galinha, 100 g de frango cozido, 160 g de batata cozida.
Lanche: maçã assada com nozes e 20 g de passas.
Jantar: 300 g de caçarola de legumes com 100 g de frango cozido.

Sábado

Café da manhã: caçarola de legumes de 300 g, 100 ml. leite.
Almoço: 200 ml. iogurte congelado, 1 maçã.
Almoço: 210 gramas de macarrão com 60 gramas de frutos do mar.
Lanche: 200 g de salada de frutas com 6 nozes.
Jantar: 100 g de peixe assado com limão e ervas.

Domingo

Café da manhã: 2 unid. syrniki com aveia, café com leite.
Almoço: 200 ml. iogurte congelado, 1 maçã.
Almoço: 100 g de ensopado com 240 g de batatas cozidas e 100 g de legumes.
Lanche: 6 nozes, 40 g de frutas secas com chá.
Jantar: 350 g de salada de legumes, 1 ovo cozido.

Dieta para diabetes

Dieta para diabetes

Dieta para diabetesSabe-se que quanto mais velha a pessoa se torna, maior a probabilidade de várias feridas e doenças, o mesmo se aplica ao diabetes. As causas do diabetes são muitas. Isso inclui uma predisposição genética, atividade prejudicada do sistema endócrino do corpo, estresse constante e estresse psicoemocional, doença grave, função hepática prejudicada, excesso de peso etc. Depois de 40 anos, a cada 10 anos, as chances de desenvolver diabetes são dobradas.

Para evitar o desenvolvimento de diabetes mellitus, é necessário seguir uma dieta especial, monitorar sua dieta, recusar alimentos nocivos, principalmente açúcar e alimentos gordurosos. Também em sua vida deve haver atividade física que ajude a normalizar a pressão sanguínea, manter a imunidade e reduzir o peso. A única coisa é que, se você já tem diabetes, quando se exercita, precisa monitorar seu nível de açúcar. O fato é que qualquer exercício físico afeta o nível de glicose no sangue. E muitas vezes diminui, o mesmo ocorre com o monitoramento da glicose antes e depois dos esportes.

Para descobrir o açúcar no sangue, você precisa fazer um exame de sangue para glicemia em jejum. Antes da análise, você não pode comer 8 horas, beber nada além de água. Valores abaixo de 5,5 mmol / L são considerados normais. Faça também um teste de açúcar no sangue durante o dia. O sangue pode ser coletado a qualquer hora do dia, independentemente de quando a pessoa comeu. Se o nível de açúcar for superior a 11,1 mmol / L, é provável que uma pessoa tenha diabetes. Nesse caso, você deve consultar um médico que prescreverá testes para você e se houver açúcar na urina, o tratamento começará.

Para a prevenção e tratamento do diabetes, você precisa de uma dieta saudável e uma dieta adequada. Primeiro, você precisa comer a cada 3-3,5 horas usando a pirâmide de boa nutrição. Lembre-se, um diabético nunca deve estar com fome. Antes de tudo, os alimentos com alto índice glicêmico – açúcar, mel, todos os tipos de doces, guloseimas, pãezinhos, bolos devem ser excluídos da dieta. Reduza o consumo de legumes e batatas. Recuse o uso de produtos semi-acabados, embutidos, embutidos e todos os produtos que contenham colesterol e todos os tipos de aditivos prejudiciais. Se você tiver problemas com excesso de peso, o conteúdo calórico da sua dieta não deve exceder 1200 kcal (150 g de carboidratos, 85 g de proteína e 30 g de gordura).

Para que a glicose seja estável, os carboidratos presentes nos alimentos devem estar em equilíbrio com a insulina. Os carboidratos devem ser complexos, ou seja, aqueles que são absorvidos lentamente e não aumentam os níveis de glicose no sangue: grãos integrais, pão integral, vegetais, frutas sem açúcar, verduras. As proteínas e gorduras devem ser naturais: carne magra, aves, peixe, óleos vegetais não refinados, manteiga. Mastigue os alimentos devagar e com cuidado. O menu para todos os dias deve diferir em variedade, mas ao mesmo tempo não deve ser rico em calorias. Em vez de açúcar, use sorbitol, sucrasita, xilitol e estévia. Tome vitaminas para diabéticos (prescritos pelo seu médico!), e Fit Gold.

A dieta diária deve ficar assim:

carne ou peixe magro cozido – 200 g,
queijo cottage – 200 g,
ovos – 1 pc.,
kefir, leite ou iogurte – 500 m.,
creme de leite – 30 g.,
queijo – 30 g., manteiga e óleo vegetal – 30 g.,
pão integral – 150 g.,
trigo sarraceno, aveia, cevada ou milho – 60 g. ,
cranberries, mirtilos – ilimitados,
legumes , exceto batatas e legumes – 700 g,
frutas, exceto uvas, bananas e caquis – 400 g

Menus diabéticos por uma semana

Segunda-feira

Café da manhã: aveia na água, chá levemente fermentado, pão de farelo e óleo.
Lanche: maçã assada, chá.
Almoço: vinagrete sem batatas com óleo vegetal, sopa de ervilha com uma fatia de pão integral, compota de mirtilos sem açúcar.
Lanche: salada de cenoura ralada com ameixas.
Jantar: mingau de trigo sarraceno com cogumelos, água mineral sem gás, uma fatia de pão integral.
2 horas antes de dormir: kefir com pouca gordura.

Terça-feira

Café da manhã: salada de legumes, fatia de peixe cozido no vapor, chá de ervas.
Lanche: queijo cottage.
Almoço: sopa de beterraba sem carne em caldo de legumes ou cogumelos, salada de legumes, pão, chá.
Lanche: frutas ou legumes com creme de leite.
Jantar: mingau de cevada com almôndegas de vitela.
2 horas antes de dormir: iogurte ou leite fermentado.

Quarta-feira

Café da manhã: mistura de frutas com maçã e cenoura ralada, torrada com queijo, chá de ervas.
Lanche: toranja.
Almoço: sopa de repolho com peito de frango cozido, suco de cranberry sem açúcar.
Lanche: queijo cottage, chá.
Jantar: ensopado de legumes, peixe assado no forno, caldo de roseira.
2 horas antes de dormir: kefir com pouca gordura.

Quinta-feira

Café da manhã: mingau de arroz na água, beterraba cozida ou assada, chá.
Lanche: 2 kiwi.
Almoço: coxa de frango sem pele cozida, sopa de legumes, pão diabético, chá.
Lanche: chá sem açúcar, maçã assada.
Jantar: rolinhos de couve de legumes, infusão de rosa mosqueta.
2 horas antes de dormir: leite desnatado.

Sexta-feira

Café da manhã: mingau de milho, chá sem açúcar.
Lanche: suco de cranberry.
Almoço: sopa de peixe sem batatas, salada de cenoura com ameixas.
Lanche: legumes ou frutas.
Jantar: torrada integral com caviar de abobrinha, chá ou bebida de frutas.
2 horas antes de dormir: água mineral sem gás.

Sábado

Café da manhã: mingau de trigo sarraceno, uma fatia de queijo.
Lanche: maçã ou laranja.
Almoço: pilaf com fatias de frango, chá ou bebida de frutas.
Lanche: queijo cottage.
Jantar: vitela cozida, salada de legumes.
2 horas antes de dormir: kefir com pouca gordura.

Domingo

Café da manhã: mingau de arroz na água com abóbora, chá sem açúcar.
Lanche: damascos secos.
Almoço: sopa de legumes, pão e suco de frutas.
Lanche: salada de frutas.
Jantar: ensopado de legumes sem batatas, costeletas de vitela ou frango, bebidas de frutas ou caldo de dogrose sem açúcar.
2 horas antes de dormir: leite fermentado.

Superalimento de outono: 4 razões para comer beterraba ao perder peso

Superalimento de outono: 4 razões para comer beterraba ao perder peso

Superalimento de outono: 4 razões para comer beterraba ao perder peso

O emagrecimento de beterraba é um produto ideal. É pobre em calorias (100 gramas de beterraba totalizam 43 calorias) e é bastante nutritivo. A beterraba contém vitamina C, fibra, magnésio, betanina, Easy Belt e folato. Esses nutrientes podem ajudá-lo a perder peso, diminuir a pressão sanguínea, aumentar a imunidade e limpar a pele. 

Deseja saber o que mais a beterraba é útil para a perda de peso e por que deve ser adicionada à dieta? Então continue a ler.

Beterraba acelera a perda de peso

Beterraba ajuda na desintoxicação do corpo, contribuindo assim para a aceleração da perda de peso. Este produto não contém gordura e é uma boa fonte de fibra alimentar – meio solúvel e meio insolúvel. Esses dois tipos de fibras ajudam a combater a gordura corporal, mantendo a função intestinal adequada e diminuindo o colesterol no sangue. Além disso, a beterraba é rica em magnésio, um mineral que suporta o funcionamento ideal dos nervos e músculos, o que pode ser útil para a perda de peso.

Um estudo de 2011 descobriu que altos níveis de magnésio levam ao aumento dos níveis de testosterona, um hormônio que contribui para a perda de tecido adiposo e aumenta a massa muscular. Como o músculo queima mais calorias que a gordura, manter ou construir músculos pode ajudar a perder peso.

A beterraba também contém fitonutrientes conhecidos como betalainas – betanina e vulgaxantina – que são eficazes na redução da inflamação e no fornecimento de antioxidantes ao organismo. Betaninas também contribuem para a desintoxicação, o que pode contribuir para a perda de peso.

Beterraba aumenta a resistência

Beterraba e, principalmente, suco de beterraba, podem ser um auxiliar ideal se você quiser aumentar sua resistência durante o treinamento. Um estudo recente descobriu que aqueles que bebiam suco de beterraba antes do treino podiam treinar até 16% mais. Os cientistas acreditam que o teor de nitrato nas beterrabas, que é convertido em óxido nítrico em nosso corpo, reduz o consumo de oxigênio ao realizar exercícios de baixa intensidade, enquanto aumenta a resistência ao realizar exercícios de alta intensidade.

Em outras palavras, alimentos ricos em nitratos podem aumentar a resistência física. E beterraba é exatamente esse produto.

Melhora a digestão

A beterraba ajuda a estabelecer a digestão, estimulando os nervos no intestino e aumentando a capacidade do corpo de digerir alimentos. 100 g de beterraba contém 2,8 gramas de fibra. A fibra ajuda a remover os alimentos digeridos do corpo (torna as fezes regulares). Com a digestão adequada, o processo de perda de peso é acelerado.

Reduz a pressão sanguínea

O suco de beterraba pode efetivamente baixar a pressão arterial. Em um estudo publicado na revista Nutrition, homens e mulheres que ingeriram 500 ml de suco de beterraba (a bebida consistia em aproximadamente três quartos de suco de beterraba e um quarto de suco de maçã) apresentaram menor pressão arterial sistólica seis horas depois. Para aqueles que não praticam esportes por muito tempo devido a problemas de saúde, a beterraba pode ser um produto muito útil para perder peso.  

Emagrecimento café da manhã: 5 exemplos de café da manhã para perder peso

Emagrecimento café da manhã: 5 exemplos de café da manhã para perder peso

Emagrecimento café da manhã: 5 exemplos de café da manhã para perder peso

 

O café da manhã, geralmente chamado de refeição do rei, é um horário importante do dia. Muito importante para interromper o jejum da noite e começar o dia com o pé direito, no entanto, é frequentemente enviado. Falta de tempo e apetite são dois fatores que levam a soluções fáceis. Neste artigo, descubra 5 exemplos rápidos de café da manhã para perder peso.

Em que consiste um café da manhã equilibrado para perder peso?

O café da manhã é uma refeição muito importante para o corpo. Numerosos estudos demonstraram a importância de um café da manhã equilibrado para evitar sobrepeso e problemas de saúde associados. No entanto, nem todos os cafés da manhã são criados iguais. Especialmente porque os supermercados estão cheios de produtos para o café da manhã, destinados a facilitar nossa vida, mas que nem sempre são francamente equilibrados: doces, biscoitos, cereais, sucos de frutas industriais, etc.

Qual é o café da manhã ideal para perder peso?

  • Uma fruta ou equivalente: suco 100% puro, fruta inteira, compota, etc.
  • Uma fonte de proteína magra: laticínios, queijo, ovos, carne magra, etc.
  • Cereais ricos em fibras: aveia, pão integral, pão de cereal, tostas, cereais sem açúcar, etc.
  • Lipídios de qualidade: margarina, óleo vegetal, oleaginosas, sementes, etc.
  • Uma bebida sem açúcar para reidratar o corpo: café, chá, chá de ervas, água com limão, água com infusão, suco 100% puro, etc.

Na prática, aqui estão 5 receitas fáceis e rápidas para preparar um café da manhã perfeito para emagrecer.

Mingau de farelo de aveia, o café da manhã ideal para perder peso

Para 1 pessoa

  • 2 c. farelo de aveia
  • 150 ml de amêndoa ou leite de vaca
  • 1 colher de chá. mel
  • 2 gotas de extrato líquido de baunilha
  • 100 g de frutas da estação: frutas vermelhas, pêra, maçã, manga, etc.
  • 5 amêndoas trituradas

Preparação

  1. Primeiro, para fazer o mingau de farelo de aveia, coloque o leite e o extrato de baunilha líquido em uma panela. Aqueça delicadamente, adicione o mel e mexa até dissolver.
  2. Em seguida, adicione a aveia no leite quente e cozinhe em fogo médio por 5 minutos. Quando a consistência desejada for obtida, coloque em um ramekin e deixe esfriar.
  3. Idealmente, esse mingau de farelo de aveia deve ser feito no dia anterior e deve ser mantido durante a noite na geladeira.
  4. Pouco antes de servir, corte aproximadamente a fruta. Em seguida, coloque-os por cima com as amêndoas esmagadas do mingau antes de prová-lo bem fresco.

Por que escolher mingau de farelo de aveia para um café da manhã?

Muito simples de fazer, o mingau de farelo de aveia reúne todos os elementos para um café da manhã bem-sucedido: leite, grãos integrais, lipídios de qualidade contidos em amêndoas e frutas. Acompanhado por uma bebida quente, é perfeito!

Tigela de smoothie de frutas vermelhas, um concentrado de nutrientes no café da manhã

Para 1 pessoa

  • 1/2 banana congelada
  • 150 g de frutas vermelhas
  • 100 ml de leite vegetal
  • 1 colher de chá. sementes de chia
  • 1 colher de chá. coco ralado
  • Algumas frutas vermelhas para decoração

Preparação

  1. Primeiro, para fazer a tigela de suco de frutas vermelhas, comece lavando cuidadosamente suas frutas vermelhas com água limpa.
  2. Em seguida, na tigela do liquidificador, coloque a meia banana congelada, as frutas vermelhas e o leite vegetal. Misture até obter uma mistura homogênea e suave.
  3. Depois que o smoothie estiver misturado, coloque-o em uma tigela e polvilhe com frutas vermelhas frescas, coco ralado e sementes de chia. Está pronto!

Por que a tigela de smoothie é ideal para um café da manhã com emagrecimento?

A tigela de batidos pode ser feita com todas as frutas que você tem disponível. Concentrado em antioxidantes, fibras e vitaminas, é uma ótima maneira de preencher os nutrientes assim que você acorda. Além disso, é rápido de preparar e muito recheio.

Torradas de abacate e queijo fresco

Para 1 pessoa

  • 50 g de pão integral
  • ½ abacate
  • 1 praça fresca
  • O suco de meio limão
  • Algumas sementes de abóbora
  • Sal, pimenta

Preparação

  1. Para fazer a torrada inteira com abacate e queijo, comece torrando suas fatias de pão integral por alguns minutos no forno ou na torradeira.
  2. Enquanto isso, em uma tigela, amasse o abacate grosseiramente com o quadrado fresco e o suco de limão. Sal e pimenta ao seu gosto.
  3. Finalmente, coloque a mistura de queijo abacate nas fatias de torrada. Termine com uma pitada de suco de limão e algumas sementes de abóbora para obter mais textura.

Por que a torrada de abacate é um ótimo café da manhã para perder peso?

Muito rápida de fazer, esta receita de torrada de abacate contém muitos nutrientes bons: lipídios insaturados de qualidade, fibra alimentar, cálcio e proteínas. O suco de limão também é excelente para estimular o sistema digestivo pela manhã!

Para 1 pessoa

  • 3 c. sementes de chia
  • 200 ml de leite vegetal ou de vaca
  • ½ colher de chá. canela
  • 1 colher de chá. mel
  • 120 g de maçã
  • 5 avelãs

Preparação

  1. Primeiro, para fazer o pudim de chia, coloque o leite e a canela em um ramequim e misture.
  2. Em seguida, adicione as sementes de chia. Deixe a mistura inchar duas horas a uma noite. Idealmente, esta receita é preparada no dia anterior para o café da manhã no dia seguinte.
  3. Quando estiver pronto para servir, adicione a maçã em cubos sobre o pudim de chia. Polvilhe com avelãs trituradas e mel.

Por que o pudim de chia é um café da manhã perfeito e equilibrado para perda de peso?

Esta receita, que pode ser preparada em menos de 5 minutos, é um concentrado de nutrientes. A semente de Chia é muito rica em fibras, ômega-3 e minerais. Canela e mel evitam adicionar açúcar a este café da manhã, o que é completamente saudável!

Barras de cereais caseiras de farelo de aveia

Para 2 barras de cereal

  • 50 g de aveia em flocos
  • Banana banana madura
  • 15 g de avelãs
  • 10 passas
  • ½ colher de chá. cacau amargo
  • 1 colher de chá. xarope de mel ou agave

Preparação

  1. Primeiro, para fazer barras de cereal caseiras com farelo de aveia, pré-aqueça o forno a 180 ° C (th. 6). Reidrate as passas por 5 minutos em água quente.
  2. Na tigela do liquidificador, misture a banana com o cacau amargo e o mel.
  3. Em uma tigela, misture a aveia, avelãs trituradas e passas reidratadas. Adicione a mistura de banana misturada a esta preparação. Em seguida, misture bem para que a banana permeie completamente os ingredientes secos.
  4. Em seguida, em uma assadeira coberta com papel manteiga, espalhe a mistura sobre uma espessura de 1,5 cm. Asse por 15 minutos. No final do cozimento, a preparação deve ser dourada.
  5. Por fim, corte duas barras de cereal. Você pode multiplicar as quantidades, essas barras de cereal ficam muito bem em um recipiente hermético.

Por que as barras de cereais caseiras são um bom café da manhã para perda de peso?

Essas barras de cereais caseiras são uma ótima alternativa de saúde para as barras de cereais industriais tradicionais. Ricos em fibras e muito pouco açúcar, são ideais para um café da manhã com emagrecimento em movimento. De fato, são as bananas, as passas e o mel que servem aqui como aglutinantes e adoçantes 100% naturais.

Redação: Sinelim

Gengibre para perda de peso: Os benefícios do gengibre para perda de peso

Gengibre para perda de peso: Os benefícios do gengibre para perda de peso

Gengibre para perda de peso: Os benefícios do gengibre para perda de peso

Entre os alimentos em voga no momento, está o gengibre. De fato, essa raiz nativa da Índia está voltando e continua a nos surpreender com a extensão de suas virtudes. Neste artigo, descubra como usar o gengibre para perder peso e algumas idéias de receitas para aproveitar os muitos benefícios de saúde do gengibre enquanto desfruta. 

As virtudes do gengibre para perder peso e ficar em forma

Na medicina, o gengibre é usado há milhares de anos para aliviar e prevenir uma infinidade de distúrbios que afetam todo o corpo. Hoje, reconhecemos os benefícios do gengibre para perder peso, mas seus benefícios não param por aí. Longe disso. É pelo seu alto teor de gingerol que a raiz do gengibre deve a maioria de seus efeitos positivos. 

Aqui está uma lista das vantagens do gengibre para perder peso e manter a forma: 

  • Regula os níveis de açúcar no sangue e colesterol no sangue 
  • Estimula a produção de leptina, o hormônio da saciedade diretamente envolvido na manutenção de um peso saudável 
  • Inibe a produção de cortisol, o hormônio responsável pelo armazenamento excessivo no organismo 
  • Aumenta a temperatura corporal e, por extensão, atividade metabólica e gasto total de energia 
  • Estimula e tonifica o corpo como um todo 
  • Apoia a eliminação de toxinas e resíduos metabólicos 
  • Poderosa ação anti-inflamatória e antioxidante 
  • Alivia distúrbios digestivos (náuseas, vômitos, cãibras, etc.)
  • Aumenta a libido 

Como consumir facilmente mais gengibre para perder peso?

Quando você sabe pouco sobre o gengibre e as muitas possibilidades que ele oferece na cozinha, nem sempre é fácil integrá-lo à sua dieta diária. Aqui estão algumas maneiras, às vezes insuspeitas, de colocar gengibre em todos os lugares em seus preparativos.

Gengibre, em pó ou ralado, pode ser adicionado às seguintes preparações:

  • Suco de limão pela manhã, com o estômago vazio
  • Águas infundidas 
  • Leite quente 
  • Infusões quentes com mel 
  • Sobremesas de frutas ou chocolate 
  • Molhos para salada
  • Pratos de carne e peixe
  • Sopas 
  • Legumes fritos 
  • Batidos e sucos caseiros 

Antes de passar as receitas, aqui vai a sugestão de um fantástico emagrecedor, kifina, este funciona mesmo e de uma forma muito rápida.

Duas idéias de receitas à base de gengibre para emagrecer com prazer

Para ir ainda mais longe, aqui estão duas saborosas idéias de receitas que usam gengibre para perder peso. 

Sopa de galinha com leite de coco e gengibre 

Para 2 pessoas

  • 250 g de filé de frango 
  • 200 g de cogumelos 
  • 200 ml de leite de coco 
  • 200 ml de caldo de legumes
  • 1 cebola 
  • Raiz de gengibre de 1,5 cm 
  • 1 colher de chá. 1 colher de chá de caril doce 
  • Um pouco de pimentão verde 
  • Um monte de coentro
  • 5 ml de óleo de colza 
  • 1/2 limão
  • Sal, pimenta 

Preparação 

  1. Primeiro, para fazer esta receita, comece descascando e cortando finamente a cebola. Limpe cuidadosamente os cogumelos e corte-os em 2 ou 4, dependendo do tamanho. Em seguida, corte o frango em cubos bastante grossos.
  2. Em uma panela, aqueça o óleo de colza. Adicione a cebola e o frango e cozinhe por cerca de dez minutos até que os ingredientes estejam cozidos. Em seguida, adicione a raiz de gengibre ralada, o curry, metade do coentro picado e o pimentão verde. 
  3. Em seguida, cubra com o caldo de legumes e o leite de coco e cozinhe em fogo baixo por 15 minutos. Após esse período, adicione os cogumelos e ajuste o tempero com sal e pimenta, se necessário. Continue cozinhando por mais 10 minutos.
  4. Finalmente, sirva a sopa de galinha com leite de coco e gengibre em duas tigelas, polvilhadas com o coentro restante e uma pitada de limão. 

Pêra recheada com nozes, mel e gengibre 

Para 1 pessoa 

  • 1 pêra 
  • 15 g de nozes 
  • 1 colher de chá. mel 
  • 20 g de gengibre 
  • 1 cm de raiz de gengibre 
  • Uma pitada de canela 

Preparação 

  1. Primeiro, para fazer esta receita recheada com peras e nozes e gengibre, comece por pré-aquecer o forno a 180 ° C (th.6).
  2. Em seguida, lave e descasque a pêra. Corte ao meio longitudinalmente e remova a parte central para poder colocar o recheio lá. 
  3. Em seguida, na tigela do liquidificador, misture as nozes, pão de gengibre, canela e gengibre. Em seguida, adicione o mel e misture para obter um recheio homogêneo.
  4. Em um prato refratário, arrume as duas peras e decore com recheio de nozes. Asse por 20 a 25 minutos. No final do cozimento, as peras devem estar cozidas, mas ainda muito firmes. Sirva com uma colher de creme claro ou iogurte.